14
Nov 08

Além dos livros gratuitos, a autarquia canaliza diversos apoios para as escolas

 

No ano lectivo em curso, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai investir um total de 163 mil euros no desenvolvimento de projectos educativos, aquisição de material didáctico e promoção de actividades de enriquecimento curricular nos diversos jardins-de-infância e escolas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do concelho. Isto a acrescentar ao investimento em infra-estruturas e a outros apoios, designadamente a atribuição dos manuais escolares gratuitos a todos os alunos do 1º Ciclo, a alimentação e os transportes.

Os 163 mil euros destinados a financiar o desenvolvimento de projectos educativos nas escolas inserem-se, segundo o presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa, “na aposta do município numa política educativa de qualidade, contribuindo para uma maior autonomia das escolas e proporcionando, ao mesmo tempo, uma maior eficiência na promoção das suas actividades educativas”.
Assim, de acordo com uma proposta aprovada na última reunião do executivo camarário, no que diz respeito aos jardins-de-infância, a autarquia irá disponibilizar uma verba de 30.620 euros, sendo atribuído um subsídio no valor de 20 euros por aluno, para actividades e projectos.
Às escolas do 1.º ciclo do ensino básico será atribuída uma verba no valor de 109.230 euros para comparticipar as actividades de enriquecimento escolar e material necessário para dinamização dos projectos. Nesta parcela insere-se ainda uma verba de 400 euros destinada à Unidade Especializada de Apoio à Multideficiência que está a funcionar na Escola Básica das Lameiras, na cidade de Famalicão.
Por sua vez, as escolas dos 2.º e 3.º ciclos irão receber no total 23.195 euros. Para o desenvolvimento de actividades e projectos serão canalizados 12.395 euros, enquanto 4.500 euros estão destinados ao apoio aos jornais escolares e 4.800 euros serão para a aquisição de livros para as bibliotecas escolares.
Armindo Costa aproveitou a oportunidade para salientar que a Câmara Municipal, em colaboração com os agrupamentos de escolas do município, encabeçou a candidatura à generalização das actividades de enriquecimento curricular aos quatro anos do 1.º Ciclo, como o inglês, a actividade física e desportiva, música e expressões plástica e dramática. Neste âmbito, foram ainda celebrados três acordos de colaboração com o Centro Social de Bairro, o Centro Social de Castelões e o Centro Social de Ribeirão proporcionando a todas as crianças a oferta da totalidade das actividades de enriquecimento curricular.
“Estas medidas, a juntar à atribuição de livros escolares a todas as crianças do concelho, à garantia de transporte escolar e ao fornecimento das refeições demonstra bem a aposta que estamos a desenvolver na Educação, proporcionando um ensino de excelência a todas as crianças”, afirmou Armindo Costa.

 

publicado por vardcmvndefamalicao às 10:59

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


arquivos
2009

2008

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO